Inventário Arbóreo do Parque Municipal


O biólogo Samuel Welter concluiu um estudo que teve como objetivo realizar um inventário florístico do componente arbóreo do Parque Municipal de Feliz, a fim de contribuir e avaliar o estado de conservação da área. Além disso, elaborou-se um catálogo científico de plantas do Parque Municipal, com a finalidade de instruir a população, que faz uso da área para recreação, com informações relevantes sobre as espécies ocorrentes, visando à conservação ambiental, aliada a importância econômica e ecológica das espécies.

 

Foram identificadas 84 espécies vegetais, distribuídas em 29 famílias botânicas, sendo as famílias Fabaceae e Myrtaceae aquelas que apresentaram a maior riqueza de espécies. Do total de espécimes, 74% são nativas no Rio Grande do Sul, e 26% exóticas. Tendo em vista o número relativamente alto de espécies vegetais arbóreas, contidas no Parque Municipal de Feliz, a variedade de serviços ecossistêmicos prestados e, ainda, a presença de espécies ameaçadas de extinção e imunes ao corte, pode ser constatada a importância da conservação desta área, no que se refere à manutenção da biodiversidade e do equilíbrio ecológico, principalmente, por se tratar de uma área de preservação, junto ao meio urbano, que se constitui de refúgio para diversas espécies da fauna silvestre, fornecendo alimentos e locais para reprodução.

 

Confira o trabalho:

 

Icon Inventário florístico do componente arbóreo do Parque Municipal de Feliz (4,7 MB) Catálogo científico

Créditos

home

Rua Pinheiro Machado, 55 - Cep 95770-000 - Tel. (51) 3637 4200